Métricas do Marketing Digital - Blog Links Patrocinados

Você está fazendo a análise de marketing digital do jeito certo?

Este texto é para você que está em dúvida sobre os resultados que está obtendo a partir das estratégias escolhidas para o marketing digital da sua empresa. A seguir, apresentaremos algumas métricas que podem dizer muito sobre o sucesso das suas ações online.

Estratégias para o Marketing Digital

Existem diversas formas de definir o foco da empresa no marketing digital. Entender qual é a necessidade do seu negócio ajuda a determinar qual a melhor estratégia e as melhores ações. Entre as diversas possibilidades estão:

  • Aumentar tráfego (com qualidade) da audiência;
  • Conquistar audiências novas para seu site;
  • Vender produtos com ticket médio maior;
  • Aumentar o ROI das campanhas;
  • Ensinar clientes sobre o seu produto/serviço;
  • Levar fluxo de pessoas para sua loja física, a partir de ações no digital;
  • E muitas outras formas.

São tantas as alternativas (e problemas), que é comum acontecerem dois equívocos:

1. Não ter métricas de mensuração de resultado

Toda ação de marketing digital deve possuir métricas para medir se as estratégias estão evoluindo, estagnadas ou em queda.
Sem definir as métricas, é muito difícil saber qual é o destino exato da estratégia.

2. Ter métricas, porém utilizá-las de forma equivocada

Para cada estratégia, existem conjuntos de métricas que são mais importantes que as outras para serem mensuradas.
Um exemplo que é comum no mercado é o foco por “ROI” (Retorno Sobre Investimento). Está correto olhar para ele com atenção, porém, ao se importar somente com o ROI, outras métricas muito importantes podem “mascarar” este resultado: se focar o investimento de mídia em produtos mais caros e deixar de lado os produtos com custo mais baixo, seu ROI mais baixo ocorrerá.

E toda a audiência perdida? Como ganhar relevância com os outros produtos que são mais baratos, mas fazem o volume de vendas ser maior? Não caia no engano de olhar apenas para métricas específicas (e bonitas), pois existem formas de “esconder” alguns resultados.

Métricas de Marketing Digital

Como cada etapa do funil pode (e deve) ter métricas específicas para atingir o objetivo, aqui vão alguns indicadores para ficar de olho:

Retorno sobre investimento (ROI)

O ROI apresenta para você o quanto de retorno seu investimento em marketing digital está trazendo. A leitura é “para cada 1 real investido, estou tendo o retorno de x reais”.

O legal desta métrica, é saber o quanto cada campanha está trazendo retorno, bem como o investimento inteiro. Para calcular, basta aplicar esta fórmula:

ROI = Receita obtida – valor investido / valor investido

Ticket médio

É o valor médio que cada cliente gasta ao adquirir produtos/serviços da sua empresa. Aqui, pode-se ter um termômetro se seu negócio precisa de estratégias de upselling ou crosselling para aumentar a compra por consumidor.

Ticket médio mensal = Receita do mês / Número de clientes do mês

Taxa de Cliques ou CTR

Click-through-rate (CTR) informa qual é a performance que um anúncio está tendo. Ele aponta quantos cliques são obtidos a partir do volume de impressões. Quanto melhor for o indicador, maior é o tráfego que sua campanha está levando até a página de destino.

Normalmente, o CTR é utilizado em forma de porcentagem, e para calcular:

CTR (%) = (Número de cliques no anúncio / Número de impressões) x 100

Custo por clique (CPC)

Como a nomenclatura aponta, esta métrica informa quanto é que sua empresa paga por cada clique que o anúncio obtém. Se o custo do clique é de R$ 0,30, então, para levar cada pessoa ao seu site, este é o valor que será investido.

CPC = Custo da campanha / Número de cliques obtidos

Custo por lead (CPL)

Se a sua empresa possui estratégia de aquisição de leads, este dado é fundamental para saber quanto precisa-se investir para conseguir um lead.

Quer receber conteúdo exclusivo no seu e-mail?
Obrigado pelo cadastro!

Quanto mais alto o CPL, maior tem que ser a conversão dos leads em clientes, caso a taxa de conversão não seja tão elevada, é bom ficar de olho neste dado para que ele se mantenha sempre baixo. Para calcular, usa-se a fórmula:

CPL = Investimento total na campanha / Número de leads gerados

Taxa de conversão

Como as estratégias de marketing digital possuem diversas ações e cada uma delas um passo que o usuário tem que tomar, uma única estratégia pode possuir diversas conversões, como:

  • assinar a newsletter
  • cadastrar-se em uma promoção
  • baixar um e-book
  • usar a versão de teste do produto
  • realizar uma compra

Para cada tipo, existem ações possíveis de ser tomadas, como modificações nos botões do site, até mesmo ajustes em fluxos complexos de compra. Mas, para todos eles, o mais importante é não ter uma taxa baixa, pois isso mostra que a ação não está trazendo bons resultados!

Para calcular uma taxa de conversão, em geral, é utilizada a divisão entre o número de usuários que realizam a conversão e as visitas na página onde existe a possibilidade de conversão.

Visitas no site

Simples, porém primordial. Esta métrica informa a quantidade de usuários que acessam o site da sua empresa, dando uma noção de qual é o tamanho de audiência que é possível converter.

Além da conversão, é importante saber quais as páginas mais acessadas, pois elas indicam quais tipos de conteúdos chamam mais atenção dos usuários.

Tempo gasto no site

Esta é outra métrica básica, mas que pode ser uma aliada perfeita na análise de usabilidade do site. Quanto menos tempo as pessoas ficam em uma página, mais claro fica que seu conteúdo não é atrativo. Então, é necessário fazer correção de problemas que afastam esses usuários.

Você já analisou quais são as métricas mais importantes para as suas ações? E, além disso, elas estão te levando para o caminho certo?